— Sou um intelectual de esquerda.

7 comentários:

inês leal, 31 anos à volta do sol disse...

já nem me lembro do nome deste filme, mas lembrei-me imediatamente desta cena... :)

saudade deste senhor "sui generis" e do seu humor...

miguel. disse...

recordações da casa amarela...

na minha opinião, o melhor realizador português, Portugal agradeceu, dando o nome dele a um beco em Chelas...

:)

Anónimo disse...

subscrevo, caro miguel.
cito de memória: 'tão pequeno país para tão grande cineasta; como não se pode ampliar o país, encolha-se o cineasta'. penso ter sido uma das muitas 'heresias' ditas pelo próprio, em jeito de provocação (ou de sublime e paródica constatação).
rima com beco.
enfim, é o portugal dos pequenitos, versão actualizada.
gi.

inês leal, 31 anos à volta do sol disse...

obrigada, mais uma vez, pelo nome, desta feita, deste filme... :))

porventura, a heresia das heresias foi quando ele disse que queria que os portugueses se f******!

cá para mim, "que ningém nos ouve", ter tido tamanho cineasta mesmo aqui dentro, português, nosso!!!!, e não lhe dar valor nenhum, é mesmo só na base da "heresia"...

inês leal, 31 anos à volta do sol disse...

(...ninguém...)

Terpsichore E. M. Psyche disse...

De que realizador falam?

miguel. disse...

Do nosso grandioso actor, escritor, realizador, João César Monteiro, o senhor da imagem...