«Neste volume, reúnem-se as 52 crónicas que, entre 26 de Janeiro de 1996 e 23 de Maio de 1997, publiquei n’O Independente sob o título «Os Melhores Filmes da Nossa Vida». 50 filmes revisitados, um prefácio («O Mais Belo dos Filmes») e um posfácio («Os Gatos Pardos»). Comecei com cães amarelos, acabei com pardos gatos. Cães e gatos serviram-me para explicar o critério desta selecção. Por isso, não perco o meu tempo, nem vos faço perder o vosso, a explicar o que está explicado nesses textos introdutórios e conclusivos. Limito-me a repetir que o pretexto para a selecção foi o centenário do cinema, que chegou a Portugal em 1896.
Para além de pequenas correcções (gralhas, erros meus, leves variantes) tudo ficou como foi publicado há onze ou dez anos. Só mudou a ordenação.»

João Bénard da Costa, in "os filmes da minha vida, 2º volume" assírio & alvim, 2007

4 comentários:

inês leal, 31 anos à volta do sol disse...

2º volume? então, eu só tenho o 1º! não achei que fosse em volumes... mas venha ele!

:)

manuel disse...

A gene tierney na capa :) Suponho que seja imagem do the ghost and mrs. muir...Só li o primeiro volume, que existe na biblioteca de viana.

magarça disse...

Eu guardo religiosamente os textos de
Bénard da Costa que fui recolhendo na Cinemateca ao longo dos anos.
Estas crónicas estão na minha lista de compras.

miguel. disse...

este segundo volume ainda está no prelo, mas já lhe senti o gostinho... e o que posso adiantar é que é mais um daqueles para ir lendo e relendo...

;)