Mark Rothko [ white over red ]


quero roubar
do branco
toda a unidade da sua
cor
e dá-la à minha
alma
insistentemente
dividida

Hélder Reis in. " branco "

4 comentários:

Bandida disse...

...eu que não gosto de café... Mas gosto do cheiro...

magarça disse...

Dir-se-ía que o poema e a pintura foram criados a pensar um no outro...

corpo visível disse...

.
este rothko combina na perfeição com almas insistentemente divididas.
.

karvoeiro disse...

tambem eu keria...