O DESPERTADOR

Um despertador exposto sobre um tapete cheio de pó era tudo quanto possuía, para vender, o pobre comerciante árabe. Durante dias, reparou que uma velha se interessava pelo relógio. Era uma beduína, pertencente a uma daquelas tribos que voam com o vento.
«Desejas comprá-lo?», perguntou-lhe um dia.
«Quanto custa?»
«Pouco. Mas não sei se o vendo. Se também este desaparecer deixarei de ter um trabalho».
«Então porque o tens exposto?»
«Porque me dá a sensação de viver. E tu porque o queres, não vês que lhe faltam os ponteiros?»
«Faz tiquetaque?», quis saber a velha.
O comerciante deu corda ao despertador fazendo soar um sonoro e metálico tiquetaque. A velha fechou os olhos e percebeu que,
na escuridão da noite, podia assemelhar-se a um coração que bate ao lado do seu.

Tonino Guerra, in "Histórias para uma noite de calmaria" assírio & alvim, 2002
trad. Mário Rui de Carvalho

7 comentários:

aquelabruxa disse...

:)

aquelabruxa disse...

se o rapaz da foto do teu perfil es tu entao es muito bonito. pareces um actor frances.

Liège disse...

Que texto bonito!

Fluzão Eterno disse...

Tenho um blog sobre curiosidades e gostaria de saber de você se haveria a possibilidade de você me ajudar
colocando o link do meu blog no seu e eu faria o mesmo com o seu,meu nome é Luciano e sou Bombeiro Militar
no Rio de Janeiro,
parabéns pelo trabalho que vem fazendo com seu blog e fico aguardadando sua resposta

Curiosidades
http://centraldascuriosidade.blogspot.com/

Tenho um blog também sobre bombeiros
Vida de bombeiro
http://www.heroisdavida.blogspot.com/

Mensagens e poemas:
Mensagens
http://centraldoamorvirtual.blogspot.com/

Meu time de coração,Fluminense:
Fluzão
http://fluzaoeterno.blogspot.com/

Visite os meus blogs e veja se pode me ajudar colocando o link de algum deles no seu,um abração

Caso tenha interesse entre em contato comigo pelo email lmturl@gmail.com,mandando mensagem em qualquer blog meu
ou pelo orkut http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=ls&uid=5076013500225631247

MSN; bombeiro_dorio@hotmail.com

redonda disse...

Consegui arranjar o livro na Almedina.

miguel. disse...

redonda,

já agora recomendo-lhe os outros dois livros do Tonino Guerra, ambos editados pela assírio & alvim, "O Mel" e "O livro das igrejas abandonadas".

abraço

miguel.

Beatrix Kiddo disse...

era esta a imagem que eu queria para o meu texto d Faulkner e n encontrava...vou roubar :)