Lilases

Quando por fim a cifra infinita
que dois mundos combinam
esplender inteiramente seus motivos

a cada um caberá olhar
na lâmina de ouro
um nome inefável

o que buscámos sem um gesto
o que dissemos sem uma palavra


José Tolentino Mendonça in. " Estrada Branca " assírio & alvim

imagem de Gérard Dubois

1 comentário:

marta disse...

Não se perdeu nenhuma coisa em mim.
Continuam as noites e os poentes
que escorreram na casa e no jardim,
continuam as vozes diferentes
que intactas no meu ser estão suspensas.
Trago o terror e trago a claridade,
e através de todas as presenças
caminho para a única unidade.

a Sophia