imagem de Maggie Tayler


Esta espécie de loucura

Esta espécie de loucura
Que é pouco chamar talento
E que brilha em mim, na escura
Confusão do pensamento,

Não me traz felicidade;
Porque enfim, sempre haverá
Sol ou sombra na cidade.
Mas em mim não sei o que há.

Fernando Pessoa

2 comentários:

kat_Jam disse...

Gostei muito. Do poema e da imagem. Deu-me para olhar para ela bastante tempo. Há ali qualquer coisa que ...

Luísa Freire disse...

grande Maggie e grande Pessoa a mistura perfeita!
Excelente... deixa-me quase a chorar!