"Um dia, ao voltar da casa-de-banho, encontrei o meu quarto fechado à chave e as minhas coisas empilhadas em frente da porta. Isto pode dar-vos uma ideia da prisão de ventre com que eu estava na altura."

Samuel Beckett in. "Primeiro Amor - Companhia" Ambar

Fotografia: Henri Cartier-Bresson

3 comentários:

Nunovsky disse...

Ou seja, prisão de ventre não combina com uma relação amorosa;)

marta disse...

se calhar pode ser uma consequência :)

inês leal, 31 anos à volta do sol disse...

:))