OSSOS.



Quanto de ti são ossos?
Amar-te-ei até aos ossos!

3 comentários:

franksy! disse...

e aos próprios ossos e aos osteócitos.

marta disse...

"amar-te-ei até aos ossos"... lindo. Para mim o amor tem sido nos últimos tempos como uma dor reumática. Sinto-a nos ossos...

Anónimo disse...

A osteoporose, esse paradigmático cunho da velhice, provoca no esqueleto um belo rendilhado fruto do contínuo enfraquecimento degenerativo do tecido ósseo...Avante a poesia descalcificativa ou sr ministro reconcidere um aumento das quotas dos laticínios. A fractura do colo do fémur nunca esteve tão na moda.