O GATO

Na minha casa desejo ter
Uma mulher que imponha a sua razão
Um gato passeando por entre os livros
E porque sem eles não posso viver
Amigos seja qual for a estação

Guillaume Appolinaire, in "Assinar a pele" assírio & alvim, 2001

8 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

que bonito!

poema e foto!

um abraço

magnohlia disse...

Concordo coa a Piedade e mais ainda, lindo gatinho.

miguel. disse...

é a gatinha cá da casa :)
obrigado por ambos os comentários.

Menina Veneno disse...

Na minha casa já há gatos e ... ontem arrumei o quarto e dei conta que tinha mais de 70 livros nas mesas de cabeceira :S

Belo quadro :D

Anónimo disse...

O gato anda por aqui:
http://www.facebook.com/pages/Assirio-Alvim/109573179070181
e por aqui:
http://www.facebook.com/profile.php?id=100000615726978
Abraço grande,
LG

franksy! the awesome wife disse...

poema feito para ti!

linda mimi! <3

Anónimo disse...

simplesmente fantastico

Anónimo disse...

o que tem de simples tem de bonito
ass.claudia costa