Henri Fantin-Latour [ White Cup and Saucer ] 1864

12 comentários:

franksy! brider in command disse...

isto quer dizer alguma coisa???!...

sinto o espaço muito vazio... assim não se respira tão bem...

até já, até já!

fallorca disse...

Casa arrumada?

stamina disse...

:(

Carlota Vasconcelos disse...

Latour, como uma referência romântica francesa, é sempre uma inspiração. Muitos dos grandes nomes da literatura foram eternizados por ele em pinceladas personalissímas e sobre ele encontramos referências em Proust, por exemplo. O Romantismo é um estilo denso e de características tão múltiplas quanto as possibilidades da vida. Gosto de Latour com o deslumbre de quem contempla o templo desse vórtice que é o artista romântico: forte, esfumaçado,arrogante sem ferir concupiscências. Agradeço a você, Miguel, por partilhar tantos links interessantes em seu blog. Abraços!

fallorca disse...

Mau, mas de café dos loucos passou a dos moucos?? Ninguém atende??

Lou Rivara disse...

Latour em geral entedia-me mortalmente, mas um motivo assim menos pretensioso já me chama a atenção.

Ranzinza disse...

Onde tem café eu estou!

cosal disse...

Miguel, a bica começa a ficar gelada.






Miguel, a bica começa a ficar gelada.

cosal disse...

O Comendador Nabeiro começa a ficar preocupado.Sendo o leite um produto essencial,desde que não seja da cooperativa Manuela,o café tal como o vinho, dá de "comer" a milhões de portugueses.Troco uma 1ª edição do Cesariny por umas bicas bem tiradas.

fallorca disse...

Deve ser obra da ASAE, chávena mal lavada, beatas pelo chão, sei lá, como diria a loira

JB disse...

O outro café - de Cabo Verde - lamenta o encerramento (pelo menos aparente) deste excelente estabelecimento...

Que pena!

aquelabruxa disse...

belíssimo!