«Se tivesse que fazer o meu próprio balanço, deveria dizer que sou o resultado das minhas horas perdidas. Não exerci profissão alguma e desperdicei muitíssimo tempo. Mas essa perda de tempo foi realmente um ganho. Só o homem que se mantém à margem, que não actua como os demais, conserva a faculdade de compreender algo de verdade.»

Émile M. Cioran

7 comentários:

awake disse...

bravo.

bruno .b.c disse...

superior, como sempre.
de onde citas este excerpto, miguel? (gostava de saber, se puderes)
um abraço.

bruno .b.c disse...

corrija-se o lapsus teclae aqui em cima, e tire-se um p.

miguel. disse...

Olá Bruno,
este excerto é retirado de um ensaio sobre o Cioran, que tem como titulo "o pensamento insuportável de Émile Cioran - Um itinerário do desespero à lucidez" de João Maurício Barreiros Brás, está editado na campo das letras... recomendo...

http://loja.campo-letras.pt/prod_details.php?categid=73&productid=1191

abraço.

bruno .b.c disse...

conheço e tenho. já lhe pisquei o olho, mas desde que saiu ainda não o li. se calhar é desta. obrigado e um abraço, miguel.

Ca:mila disse...

entre esperar e perceber

Rodericus Ignatius disse...

Saudações a todos! Meu nome é Rodrigo Inácio, de São Paulo (Brasil), e gostaria de convidá-los a ingressar no grupo de discussão sobre Cioran em idioma português. Sejam bem-vindos:

http://br.groups.yahoo.com/group/Planeta_Cioran/

Planeta_Cioran-subscribe@yahoogrupos.com.br