FALA!

Fala a sério e fala no gozo
Fá-la p’la calada e fala claro
Fala deveras saboroso
Fala barato e fala caro

Fala ao ouvido fala ao coração
Falinhas mansas ou palavrão

Fala à miúda mas fá-la bem
Fala ao teu pai mas ouve a tua mãe

Fala franciú fala béu-béu

Fala fininho e fala grosso
Desentulha a garganta levanta o pescoço

Fala como se falar fosse andar
Fala com elegância muita e devagar.


Alexandre O’Neill, in “Poesias completas” assírio & alvim, 2000

Imagem de Jean-François Martin

4 comentários:

manuel disse...

Estranho! Só agora vi o teu link com os posters shaolin. Já usei. Obrigado Miguel!

ana cristina leonardo disse...

Quem cala consente e, claro, quem fala assim não é gago. Mas, por outro lado, falar é prata, calar é ouro, além de que quem muito fala pouco acerta e quando um burro fala, o outro abaixa a orelha. Certo, certo é que não se fala de corda em casa de enforcado

miguel. disse...

de nada Manuel, já faz tempo que o deixei lá, achei piada aos que estavam no vosso blog e achei por bem partilhar estes também.

Anónimo disse...

Fala e fá-la bem! :)*