as coisas do Mário...

Os 34 poemas aqui ditos por Mário Cesariny foram gravados por Vasco Pimentel durante o Verão de 2006, mantendo-se propositadamente na versão final todos os comentários do poeta recolhidos ao longo das 3 sessões de gravação. Os poemas foram escolhidos por Mário Cesariny a partir dos livros A Cidade Queimada, Pena Capital e Manual de Prestidigitação.

Autografia, o premiado filme de Miguel Gonçalves Mendes sobre Mário Cesariny, está aqui incluído no livro Verso de Autografia, já anteriormente publicado pela Assírio & Alvim, onde se reúnem longos excertos das conversas filmadas com o poeta e não utilizados na versão final do filme.

assírio & alvim, 2007

2 comentários:

eyes shut disse...

este filme/documentário é tão especial... ainda parece que o consigo ouvir deixar cair aquelas incríveis palavras da boca e aquela forma livre de existir.

ana cristina leonardo disse...

o miguel mendes é um filho de olhão, por adopção, oh miguel. sabias?