SEM SOM

Também gostaria de gritar
mas não sei a quem
nem o que diria.
Gritar só.

Existirá alguma suprema instância
a quem se possa gritar?
E resultará alguma coisa
se os gritos forem altos?

Hesito sempre e
hesitaria antes de gritar.
Em nenhum desespero acredito muito
mas a poesia parece-me real.

Nuno Felix da Costa, in "noutro sítio" & etc, 1995

2 comentários:

menina limão disse...

"a poesia parece-me real", a poesia fere como golpe de faca, onde a realidade mais nos dói.


(gritos daqui)

mar disse...

grito daqui também