À MINHA MUSA

Senhora da manhã vitoriosa
E também do crepúsculo vencido.
Ó senhora da noite misteriosa,
Por quem ando, nas trevas, confundido.

Perfil de luz! Imagem religiosa!
Ó dor e amor! Ó sol e luar dorido!
Corpo, que é alma escrava e dolorosa,
Alma, que é corpo livre redimido.

Mulher perfeita em sonho e realidade.
Aparição Divina da Saudade...
Ó Eva, toda em flor deslumbrada!

Casamento da lágrima e do riso;
O céu e a terra, o inferno e o paraíso,
Beijo rezado e oração beijada.


Teixeira de Pascoais

imagem de Greg Spalenka

5 comentários:

aitb disse...

abstracção hipnótica?

;)

Miguel. disse...

não... síndrome da poeira cósmica...

;)

aitb disse...

haha.. sindrome da poeira cósmica numa das suas mtas manifestações..

;)

:P

au revoir

Anónimo disse...

Nada tão perfeito para acompanhar uma bica à mesa de Pascoais! Excelente.

Anónimo disse...

" A verdadeira essência das coisas é de natureza poética, nunca científica."

Teixeira de Pascoaes