David's Cow

David Lynch - Eat my fear

2 comentários:

Anónimo disse...

O que sobretudo tem faltado à minha vida até agora é a simplicidade. Começo a mudar a pouco e pouco. Por exemplo, actualmente saiu sempre de casa com a minha cama e, quando uma mulher me apetece, agarro nela e deito-me com ela imediatamente. Se tem as orelhas ou o nariz grandes e feios, tiro-lhos juntamente com as roupas e meto-os debaixo da cama, para ela os poder recuperar à saída; só conservo o que me apetece.
Se a sua roupa interior está a precisar de ser mudada, mudo-a imediatamente. Será a minha prenda. No entanto, se vejo uma outra mulher mais apetecível a passar, peço desculpas à primeira e suprimo-a imediatamente.
As pessoas que me conhecem garantem que eu não sou capaz de fazer o que estou a dizer,que não tenho temperamento para isso. Eu também achava que não, mas isso era porque eu não fazia tudo como me apetecia. Agora, tenho sempre belas tardes. (De manhã, trabalho)

Henry Michaux

Miguel. disse...

Muito muito bom, caro amigo, ou devo antes dizer, caro Sandro...
Confesso, fiquei contagiado, e agora, mais um livro?!